A programadora mais idosa do mundo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

As pessoas dizem que nunca é tarde demais para começar coisas novas. Mas, na realidade, muitas pessoas não têm coragem de lidar com coisas que são totalmente desconhecidas para elas à medida que envelhecem. Isso não pode ser dito, a senhora, Masako Wakamiya, uma programadora de 82 anos de idade e um dos mais antigos desenvolvedores de aplicativos para iPhone do mundo.

Masako é a criadora do aplicativo Hinadan. O aplicativo é um game baseado em um festival japonês chamado Hinamatsuri (dia das bonecas). Nesta data, celebrada normalmente em 3 de março, bonecas tradicionais do país são dispostas em degraus. Em cada fileira, os objetos representam diferentes figuras, como o imperador e a imperatriz, serviçais e músicas.

A senhora japonesa fez sua carreira como bancária. Trabalhou por 43 anos no Mitsubishi Bank, um dos mais conhecidos bancos do país. A empresa faz a aposentadoria compulsória dos funcionários que chegam aos 60 anos de idade. Em 1997, Masako foi convidada a se retirar do emprego, mas como não queria parar de trabalhar, ao sair do banco, assumiu a tarefa de tomar conta de sua mãe, comprou um computador para ajudar a ele a se manter conectada com o mundo e fazer contatos.

Conforme foi aprendendo a mexer no PC, Masako começou a dar aulas de informática para seus vizinhos. Comunicativa, ela foi uma usuária bastante assídua de sites de bate-papo. Ela também é a criadora do Mellow Club, uma comunidade de idosos que conversa online. “Com a internet, aprendi a me comunicar com o mundo”, afirma Masako.

Em 2016, aos 80 anos, ela decidiu criar um game. “Nenhum jogo no mercado pensa na terceira idade. Eles são muito difíceis de jogar. Portanto, decidi criar o Hinadan, pensando em pessoas como eu. É um jogo simples, mas divertido.”

“Por muito tempo eu estive envolvido em projetos para apoiar aqueles que têm problemas em lidar com equipamentos digitais”, disse Wakamiya em entrevista.

Apesar da vontade de criar o Hinadan, Masako não sabia absolutamente nada sobre desenvolvimento de software. “Fuçou” e aprendeu a programar em Swift, uma linguagem criada pela Apple e usada no sistema operacional do iPhone, o iOS, também foi auxiliada por um programador da cidade japonesa de Sendai e a senhora japonesa levou 6 meses para lançar o Hinadan e a senhora japonesa pretende traduzir o seu aplicativo para o máximo possível de línguas atualmente o game só está disponível em inglês e japonês.

A disposição de Masako em incluir digitalmente pessoas idosas e sua carreira de programadora também fizeram com que a japonesa se transformasse em palestrante, viajando o mundo contando sua história.

Deixe sua opinião, nos ajude a melhorar!