Qual a diferença entre Blog e Site?

Índice

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Estar presente na internet hoje é fundamental não só para quem deseja impulsionar um negócio, como também para quem pretende oferecer um canal de contato direto com o cliente. Nesse sentido, muitos acreditam que ter um Blog ou um Site é o passo essencial. No entanto, são poucos aqueles que sabem distinguir ambos. Isso ocorre porque as aplicações se assemelham, mas, a verdade é que há distinções que você precisa conhecer, uma vez que o foco de cada um é diferente. Por isso, iremos ajudá-lo. Vamos entender melhor? 

O que é um Blog? 

O blog surgiu dentro de universidades estadunidenses, na década de 1990, tendo como função inicial compartilhar e documentar impressões pessoais. Durante os anos 2000, a popularidade rompeu fronteiras acadêmicas: muitas pessoas costumavam utilizar blogs para documentar suas histórias. Essa prática, comum principalmente entre jovens, com o tempo assumiu diversas expressões, entre elas o de Marketing de Conteúdo. Atualmente, muitos marqueteiros compreendem os blogs corporativos como um instrumento eficiente quando o assunto é conversão de cliente e decisão de compra. Sobre isso, não se pode negar que um texto bem escrito é capaz tanto de fornecer informações, quanto de persuadir o público. 

Em comparação com um site, porém, a estrutura de um blog tem algumas características a serem observadas. Neste, o foco principal são as postagens, e isso significa que novos conteúdos devem ser publicados com certa frequência. Por outro lado, o site também é uma ferramenta de comunicação com o público, embora seja mais estático, isto é, as atualizações (a depender do tipo de site, aqui tratamos do institucional) são mais rígidas, pois este destina-se, habitualmente, a expor conteúdos relacionados à instituição ou aos produtos/serviços. De modo geral, os blogs são ótimas ferramentas para fazer branding, seja com fito de estabelecer referência, seja com fito de disseminar a marca ou produtos provindos dela. 

O que é um Site?

O surgimento do site é anterior ao do blog. Criado no início de 1990, o site nasceu com a intenção de compartilhar informações científicas entre pesquisadores. Hoje, essa ainda uma função dos sites, concomitante, notavelmente, a uma forma expandida, que divide-se em diversos ramos, entre eles economia e marketing. O site institucional, a exemplo, tem uma estrutura estática, diferente de outros tipos de sites, como o de noticiários. Isso porque a expectativa é apresentar conteúdos relacionados à instituição ou aos produtos desenvolvidos por ela. Nesses sites, geralmente a estrutura é caracterizada pela estaticidade, sendo desse modo atemporal, ou seja, as atualizações não necessitam ser tão frequentes como ocorre em blogs. Em adição, um outro aspecto considerável é que a página principal é sobreposta de outras páginas, que tratam de assuntos como história da empresa, produtos ou serviços oferecidos, missão, valores, visão, entre outros. Portanto, percebe-se que a estrutura natural do site é mais rígida. 

Entre os dois, há um melhor do que o outro? 

Essa é uma questão que certamente envolve um olhar sobre a dinamicidade das transformações na world wide web. Em termos conceituais, há uma certa diferença entre Blog e Site, mas isso porque ainda há um apelo às ideias iniciais de cada um. Com o avanço das mudanças na internet, sobretudo no que se refere ao Marketing de Conteúdo, essa uma questão que tende a estreitar relações. Assim, é possível que nos próximos anos observe-se uma ligação entre as funções de blogs e sites, de modo que 1) blogs sejam incorporados a sites com mais frequência; 2) sites passem a ser uma espécie de fusão entre os dois; 3) a nomenclatura, o tempo decidirá. Em todo caso, do ponto de vista do contato com o público, um complementa o outro. Desse modo, o que não se pode ignorar é, atualmente, o uso de ambos.

Gostou desse artigo? Então siga a gente nas rede sociais, e conheça mais do nosso trabalho.

Outros Posts

Como criar cupom de desconto no Woocommerce
Blog

Como criar cupom de desconto no Woocommerce

Uma estratégia muito boa para “fisgar” seu usuário na etapa de decisão da compra em sua loja virtual é utilizando cupons de desconto oferecendo vantagens